Área De Intervenção​​

Central de compras - Cooperação institucional

A CIMAA, através da sua Central de Compras, procede à aquisição de bens e serviços para os 15 municípios através da realização de procedimentos de contratação pública, nomeadamente concursos públicos, consultas prévias e ajustes diretos, em áreas variadas, entre as quais:

  • Segurança, Higiene e Saúde no Trabalho;
    Controlo Analítico da Qualidade da Água e Efluentes;
  • Sistemas de Regulação de Fluxo Luminoso;
  • Sistemas Solares Térmicos;
    Cartografia;
  • Seguros do Segmento Não Vida;
    Modernização Administrativa;
  • Equipamentos de Proteção Individual;
    Prevenção, controlo e erradicação de espécies exóticas invasoras;
  • Manutenção e Conservação de Campos de Futebol de Relva Sintética;
  • Equipamentos de apoio a ações locais e regionais de proteção contra riscos de incêndios;
  • Entre outros.

Para além da redução significativa dos preços das aquisições, também a maior celeridade na execução dos procedimentos, motivou a criação da Central de Compras da CIMAA (CC-CIMAA), assim como a preocupação desta Comunidade Intermunicipal com a simplificação de processos, otimização de estruturas, desenvolvimento de competências, gestão da mudança e eficiência na aplicação de recursos.

Apostar numa Negociação Estratégica com o intuito de reduzir o custo total de aquisição de bens e serviços, mantendo os níveis de qualidade e serviço, sustentado num maior poder negocial e standardização de processos.
Para além das áreas acima referidas, a CC-CIMAA alargou os procedimentos de contratação a outras, nomeadamente através da celebração de Acordos Quadro, entre as quais:

  • Fornecimento de Energia Elétrica em MT, BTE, BTN e IP;
  • Manutenção de Rede de Percursos Pedestres;
  • Fornecimento de Gás;
  • Fornecimento de Combustíveis (gasóleo e gasolina);
  • Fornecimento de Comunicações;
    Serviços para o “Transporte de Monstros, Verdes e RCD”;
  • Fornecimento de Produtos Químicos para Tratamento e Desinfeção da Água de Piscinas Municipais;

Integram a CC-CIMAA, os 15 Municípios do Alto Alentejo, os SMAT de Portalegre, a Santa Casa da Misericórdia de Alegrete, o Centro Social Belverense, a Associação dos Bombeiros Voluntários de Portalegre e a AreanaTejo.
Mantém ainda a possibilidade de outras entidades aderirem, entre as quais:

  • Juntas de Freguesia;
  • Entidades que integrem o setor empresarial local;
  • IPSS;

O regulamento que tem por objeto a definição da estrutura orgânica e o funcionamento da CC-CIMAA foi aprovado pela Assembleia Intermunicipal, sob proposta do Conselho Executivo e encontra-se publicitado em DR, desde o dia 23 de Dezembro (Regulamento 645/2011).

A CC-CIMAA, é composta por 3 unidades funcionais/consultivas:

  • Coordenador
  • Comissão de Acompanhamento – Composta por um representante de cada uma das entidades que integram a CC-CIMAA
  • Comissão Técnica – Composição variável, com técnicos habilitados em função dos bens e/ou serviços a adquirir

Central de Compras da CIMAA – Formas de Contratação utilizadas

Ao abrigo da alínea a) do n.º 1 do artigo 261.º do CCP:

  • Adjudicar propostas de execução de empreitadas de obras públicas, de fornecimento de bens móveis e de prestação de serviços, a pedido e em representação das entidades adjudicantes;

Ao abrigo da alínea c) do n.º 1 do artigo 261.º do CCP:

  • Celebrar acordos quadro (AQ), designados contratos públicos de aprovisionamento, que tenham por objeto a posterior celebração de contratos de empreitadas de obras públicas, ou de locação ou de aquisição de bens móveis ou de aquisição de serviços.

Notícias

CIMAA

ATIVIDADES NÃO REGULADAS

Recolhas de Monos, Resíduos de Demolição e Construção (RCD), Verdes e Óleos Usados. Praticamente desde a sua formação que a VALNOR – Valorização e Tratamento

Ler Mais »